terça-feira, 11 de setembro de 2012

Capitulo 26 “Hasta el fin del mundo”


Depois de entrar-mos no carro e já ter percorrido algum tempo em silencio falei.

Patrícia: Rodrigo… onde vamos?

Rodrigo: Festejar… hoje ainda é o teu dia-sorriu-me

Saimos do carro, a ponde estava iluminada… ficamos ali a observar o Douro, sentei-me na beira do rio e o Rodrigo sentou-se ao meu lado.

Rodrigo: O Porto é um cidade tão bonita…

Patrícia: Pois é –sorri e roubei-lhe um beijo

Vi o Rodrigo levantar-se olhei para tras e vio entrar num café ali perto, deixei-me estar e comecei a cantar baixinho.

Patrícia: Tu no imaginas-Lo que siento por ti( Tu não imaginas o que eu sinto por ti)

 Como me haces falta cuando esta lejos de mim ( como me fazes falta quando estas longe de mim)

Si tu me dejaras-No sabria que hacer  (Se tu me deixa-ses nao sabia o que fazer)

Cambiaria mi vida-Me podria enloquecer( Mudaria a mina vida, eu podia elouquecer)

 

Pido a Dios que ese momento nunca llegue  (Pesso a Deus que esse momento nunca chegue)

Y que proteja nuestro amor (E que proteja nosso amor)

Como tu no existen dos( Como tu nao existem dois)

 

Hasta el fin del mundo te iría a buscar (Até ao fim do mundo te iria buscar)

De ti nada me puede separar (De ti nada me puede separar)

Cruzaría los siete mares hasta llegar a ti (cruzaría os sete mares para chegar a ti)

Hasta el fin del mundo te seguiré ( Até ao fim do mundo te seguiría)

Donde sea que estés yo te encontraré (Onde sei que estas eu te encontrarei)

Nada en mí es más importante (Nada em mim é mais importante)

Que vivir junto a ti(Que viver junto a ti)

 

Me da tanto miedo esta gran necesidad (Me da tanto medo esta grande necessidade)

De tenerte siempre y querete más y más( De te ter e querer-te mais e mais)

 

Es un sentimiento muy difícil de explicar (É um sentimento muito difícil de explicar)

Lo loca que me pongo si demoras en llegar(Eu fico louca se demoras a chegar)

 

Pido a Dios que no me dejes ( Pesso a Deus que nao me deixes)

Y por siempre que proteja nuestro amor ( E para sempre proteja nosso amor)

Como tú, no existen dos  (Como tu nao existem dois)

 

Hasta el fin del mundo....  (Até ao  fim do mundo)

 

Cómo imaginarme esta vida sin tu amor (Como imaginaria esta vida sem o teu amor)

Si te necesito igual que al agua, oh ( Se preciso de ti como da agua )

Me derrumbaría si me dejaras de amar (Cairia se me deixa-ses de amar)

Me harías una herida mortal, mortal(Me farias uma ferida mortal, mortal)

 

Por eso mi amor ( Por isso meu amor…)

 

Rodrigo: Toma-entregou-me uma caipirinha- não é champanhe mas vamos brindar a nossa vida juntos e a ti aos teus 17 anos –sorri

 

***

(Rodrigo)

 Fui ao café e não tinham champanhe pedi entao duas caipirinhas que levei para foro, mas quando la cheguei ouvi-a cantar, deixei-me estar ca atras a ouvi-la, a musica era linda, não a conhecia, mas era espanhola por isso percebia bem a letra, enquanto ela cantava peguei no meu telemovel e fui a net ver qual era a musica encontrei “Hasta el fim del mundo -  Pena Jennifer “ pus a grava-la para o meu telemovel e dirigi-me  a Patrícia como se nada tivesse ouvido, ficamos ali a conversa, ainda lhe propus que dormisse-mos la mas ela antes quis ir até Lisboa, e tinha sorte, o Andrés tinha ido a espanha por isso tinha o apartamente esta noite livre, conduzi até Lisboa e pelo caminho ela adormeceu, quando chegamos já era 1 da manhã acordei-a e subimos, enquanto ela se sentou no sofa eu liguei o telemovel as colunas e pus a dar a musica,ela olhou-me expetante.

 

Rodrigo: Cantas muito bem –ela sorriu- gosto da musica- fui até ela e sentei-me ao lado dela- encaixa perfeitamente, obrigado…
Ela sorriu-me e eu dei-lhe um beijo para depois ficarmos a ouvir a musica, e adormecer ali mesmo no sofá.
***
(Patrícia)
Acordei e vi o Rodrigo ainda a dormir no sofá com a roupa do dia anterior, estávamos sozinhos, tomei um banho e vesti uma roupa simples , quando o Rodrigo acordou veio ter comigo ao quarto.
Patrícia: O Andrés?
Rodrigo: Foi a Espanha uma semana…
Patrícia: Está bem… o teu quarto tao arrumadinho sim senhora –sorri
Rodrigo: Nosso quarto, agora é nosso quarto-sorriu e agarrou-me – onde vamos hoje?
Patrícia: Não sei diz-me tu …
Hasta el fin del mundo te iría a buscar De ti nada me puede separar  Cruzaría los siete mares hasta llegar a ti Hasta el fin del mundo te seguiré Donde sea que estés yo te encontraré
Era o telemovel do Rodrigo.
 
Patrícia: Não acredito que puses-te essa musica como toque…
 
Rodrigo: Digamos que é especial…-atendeu e eu sentei-me na cama a espera
 
Ele desligou pouco tempo depois.
 
Rodrigo: Churrasco em casa do
 
Patrícia: Do Luisão para variar-Completei
 
Ele riu-se
Rodrigo: Queres ir?
 
Patrícia: Ok vou me so arranjar…
 
Rodrigo: Ok vai la, eu vou so vestir uns calções e uma t-shirt
Vesti um vestido simples estava calor e seguimos até la onde já se encontravam quase todos.
 
Elena: Patriciaa que bom ver-te de novo –deu-me dois beijinhos
 
Patrícia: Vais-me ver muitas vezes
 
Elena: Não me digas que vieste de vez.
 
Patrícia: Podes crer que sim –sorri
 
Entramos para dentro enquanto eles ficaram do lado de fora ao lado da piscina. Estávamos todas a conversa no sofá quando entra o Nolito todo animado como sempre.
 
Nolito: Ladies  toca a vir ca para fora porque vamos comer . – Nós la saímos e vimos todos de volta da churrasqueira, não era muitos, o Luisao, o Nolito, o Javi, o Garay , o saviola e o meu Rodrigo.
 
Elena: Mas há comida ou não, tantos homens e não sai nada dai?
 
O Javi saiu de la e agarrou a Elena por trás.
 
Javi: Cariño tem calma, vai já sair.
 
Finalmente saiu alguma coisa, comemos, rimos e tudo mais quando o Nolito foi ao quarto de banho vi-o juntarem-se todos ,  já nos olhamo-nos curiosas.
 
Começaram-se a rir e nos mais curiosas ficamos, quando eles conseguiram controlar o riso, sentaram-se normalmente quando o Nolito chegou. Não demorou muito ao Garay falar.
 
Garay: Nolito não és homem de te atirares a piscina com roupa.
 
Nolito: Sim esperteza e depois visto o que?
 
Javi: Vais para o estendal secar -riu-se
 
Saviola : Pronto então vamos todos a água -levantou-se a rommi olhava-o como tentando-o perceber, levantaram-se todos e puseram-se em fila, todos menos o Luisao, estava o Garay o Rodrigo o Saviola e o Javi e chamaram pelo Nolito.
 
Rodrigo: Anda la, ao três…
 
O Nolito la se pôs ao lado deles, contaram até três, nós continuávamos expectantes enquanto nos riamos. Quando chegou ao três apenas o Nolito saltou, e os outros começaram- se a rir tanto como nós.

Nolito : Grandes otários! –disse rindo-se e saindo da piscina

 

Nos olhamo-nos  e fomos empurra-los também para dentro.

 

Desta vez era o Nolito que se ria.

 
Patrícia: assim esta mais justo -ri-me para o Rodrigo de dentro pousou-me um o que me fez cair na piscina e enquanto mergulhei o Rodrigo beijou-me.
Saímos todos da piscina, a Brenda emprestou-me uma roupa eu vesti e pus o meu vestido a secar já eles deitaram-se todos ao sol sem camisola a secar…
 
***
Eram  cinco horas quando viemos embora.
 
Rodrigo: Preciso de uma mola
 
Patrícia: Para que que queres uma mola? Vais por roupa a secar?
 
Rodrigo: Esta aqui encontrei –disse abrindo uma gaveta
 
Patrícia: Olha vou fazer o jantar-sai do sofá e fui até a cozinha e enquanto a comida fazia fiz um bolo. Quando entra o Rodrigo pela cozinha.
 
Rodrigo: Que cheirinho –disse me agarrando-Bolo! –largou-me e caminhou até ao bolo.
 
Patrícia : Que bonito, trocas-me por um bolo muito bem menino Rodrigo –disse fingindo-me amuada.
 
Rodrigo: Amor vou comer uma fatia.
 
Patrícia: Não vais nada, ainda esta quente faz-te mal comes depois de comer.
 
Rodrigo: Oh e o que é a comida?
 
Patrícia: Comida! Agora sai-me daqui da cozinha…
 
Rodrigo : Sim senhora-deu me um beijo e saiu.
 
Pouco tempo depois chamei-o para comer, jantamos comemos bolo e eu arrumei aquilo rápido para depois me aconchegar no sofá nos braços do Rodrigo, estava a dar um filme, que o Rodrigo via muito atentamente.
 
Patrícia: Amor vou dormir estou cansada sim?
 
Rodrigo: Sim amor eu vou já…
 
***
Acordei tarde nem tinha dado pelo Rodrigo chegar a cama ontem, tinha uma mensagem no telemóvel era do Rodrigo a dizer que tinha treino e que teve de sair cedo mas que tinha uma coisa para mim na cozinha… Corri até la, olhei para todos os lados e nada, quando olhei para o Bolo ao lado tinha uma mola pintada, abri e …
 
Patrícia: Então era para isto que ele queria a mola…

Para quem me quiser contactar, falar comigo pode sempre faze-lo para este email : benficamudouavida@gmail.com , obrigada por lerem esta fic e comentarem. :D

Beijinhos

Patrícia J
 

8 comentários:

  1. ahahahha, olá
    amei amei amei... bom capitulo...aquela parte do nolito ahhahahah ainda não me parei de rir!!!
    foi tão fofinha a supresa do rodrigo... / <3

    ResponderEliminar
  2. Amei!
    Ri, sorri, lindooo
    Agora so falta o Andres e a Adriana...
    Quero o proximo!

    Beijo
    Ana

    ResponderEliminar
  3. Olá :)
    Estou a adorar a fic, quero ver novo capitulo rapidinho.

    Tens um questionário de Liebster Blog Award para responderes no meu blog :)

    http://podesmorrermasomeuamorportinaomorrera.blogspot.pt/2012/09/liebster-blogg-award.html

    Beijinhos
    Beatriz

    ResponderEliminar
  4. Olá =)
    Gostei mesmo muito ;D
    Já para não dizer que adoro a música :P
    Quero o proximo capitulo...

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Olá :D
    Desculpa não ter comentado os capítulos anteriores, mas as fics são tantas que nem sempre consigo ler tudo :$
    Hoje li toda a tua fic e posso dizer que está fantástica!
    Vou passar a segui-la atentamente ;)
    Quero o próximo :p
    Beijinhos
    Ritááá xD

    ResponderEliminar
  6. Amei, admito... Esta história começa a ser viciante : ))
    Parabéns Patricia : PP

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. adoro a tua história, comecei agora a escrever uma, dá uma vista de olhos <3

    beijinhos


    http://avidadeumamiudadiferente.blogspot.pt/

    ResponderEliminar